Cervejaria Van Been, rótulos e blend com historias de família

A Cervejaria Van Been chega ao mercado contando em seus rótulos historias de família

1DSC06210

O crescimento do mercado de cervejas artesanais cresce ano a ano, trazendo inovações, transformações e expectativas reais nos quesitos qualidade, satisfação, sabor, criatividade e preços.

Um hobby transformado em empreendedorismo. Assim foi o nascimento da Van Been, numa ligação familiar holandesa (homenagem ao sobrenome da família da mãe de Dante Casarotti) com influencias de produção belga, adicionada com a brasilidade perfeita em sistema colaborativo (conhecemos como cervejaria cigana) na Cervejaria Carranca, em Avaré, interior de São Paulo.

Apreciador seletivo, Dante desenvolveu um blend ideal de lúpulos, maltes e torras para agradar paladares exigentes do universo cervejeiro aliado a um projeto visual inusitado, onde cada rotulo conta um pouco da historia da família.

Com produção limitada para atender o estado de São Paulo no começo, mas já planejando a expansão em função da qualidade percebida, a Van Been tem acertado em cheio o alvo de consumidores, e o projeto de lançamento em 10 endereços no estado, está encaminhado para acontecer por volta do dia 15 de dezembro. Então fique antenado para se surpreender com uma cerveja que veio para fazer a diferença.

1DSC06195

Van Beer Pieter de Zeeman, conta o relato do provável ultimo desembarque do marinheiro Modiokerto, que recebe um convite para trabalhar em uma refinaria de cerveja no Brasil, e traz consigo uma receita diferenciada, com amargos equilibrados num blend de aromas herbáceos, florais e um toque tropical.

Estilo: Belgian IPA, IBU 65, teor alcoólico 7,3%, lata 473 ml.

Particularmente, cerveja poderosa na boca, dourado profundo e fosco, coentro aparecendo pelo lúpulo terroso e abundante presente, para ser apreciada numa temperatura entre 8 e 12°C, onde a variedade aromática expõe seu leque para agraciar o paladar. Harmonização ideal para salumeria e carnes suínas grelhadas ou pizza com manjericão.

1DSC06198

Van Been Happy Blond, de forma lúdica, no rotulo, consta uma carta de Happy Blond, um holandês que esteve em Recife explorando as maravilhas nordestinas com seus parceiros Mauricio e Dirk para inserir a primeira cervejaria no Brasil. Após um período, retorna para sua terra, vivendo a liberdade holandesa, apreciando a cultura cervejeira belga e recordando as terras brasileiras. A proposta da bebida é oferecer uma apreciação, uma junção do passado, vivendo o presente e sonhando com o futuro.

Estilo: Belgian Blond Ale, IBU 18, teor alcoólico 6,1%, lata 473 ml.

Particularmente, uma cerveja atrativa, brilhante dourado, aromas de coentro, adocicada, melado frutado no fim de boca, com a proposta de ser apreciada em temperatura de 9 a 11°C. Harmonização perfeita para queijos azuis e gouda, da mesma forma com pizza de champignon, azeitona, aspargos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s